voestalpine Böhler Welding

Um novo conceito de eletrodo para chapisco (JournalCana)

13. jul 2020

Cromo Hexavalente pode ser altamente prejudcial à saúde

Elemento causa irritação dos olhos, vias respiratórias e é reconhecido como cancerígeno

Garantir saúde e segurança no trabalho é uma demanda importante às usinas produtoras no Brasil. Um ambiente seguro protege os colaboradores e, consequentemente, faz com que haja aumento de produtividade. Além disso as questões relativas a saúde dos trabalhadores e sustentabilidade são tendências globais para os próximos anos. Conscientes disso, empresas fornecedoras de insumos, como a voestalpine, estão cada vez mais empenhadas em investir e aprimorar seus produtos para atender aos novos padrões de mercado das unidades produtoras.

Uma operação fundamental nas usinas durante a safra é a aplicação de chapisco nas moendas. A aplicação de chapisco é feita através de processo de soldagem com utilização de eletrodos revestidos ou arames tubulares. O chapisco protege a lateral do friso das moendas dos desgastes oriundos das impurezas da cana-de-açúcar, melhora a pega da cana e auxilia nos índices de extração da usina. Porém, no quesito aplicação, é uma operação bastante insalubre para o soldador. Vale ressaltar que a maior parte das usinas no Brasil exige que os eletrodos de chapisco contenham em sua formulação 40% do elemento Cromo; e que isso está diretamente relacionado ao conceito de performance do produto.

Quando falamos de metalurgia, e como fabricantes de consumíveis de soldagem podem auxiliar na questão saúde, uma questão que recebe atenção atualmente são os elementos de liga colocados nos eletrodos; e que são prejudiciais à saúde do operador quando os fumos de soldagem são gerados. “Entre os elementos de maior risco para saúde está o Cromo em elevadas quantidades; que nos fumos de soldagem é encontrado no seu estado Cr (VI) ou Cromo Hexavalente.”, conforme alerta Omar Abou Samra Filho, Gerente Nacional de Vendas e responsável pelos departamentos de Engenharia e Pesquisa e Desenvolvimento na voestalpine Brasil.

UTP 718 SUPERGRIP É ALTERNATIVA SEGURA E COM MELHOR DESEMPENHO PARA CHAPISCO

“Quando falamos de chapisco, temos que garantir que os consumíveis de soldagem sejam desenhados para promover uma granulometria que não deixe “gaps” por onde as partículas abrasivas desgastam a camisa, ter uma boa aderência ao ferro fundido e principalmente resista ao desgaste a ele imposto” cita Omar.

O UTP 718 Supergrip atende a NBR com um limite máximo de 0,04mg/m3 e consequentemente gera uma quantidade infinitamente menor de fumos, utilizando uma tecnologia de fabricação inovadora. O produto também mostrou desempenho superior a ligas com cerca de 40% de cromo.

CONSUMÍVEL PARA CHAPISCO É RESISTENTE AO DESGASTE E PROMOVE ECONOMIA À USINA

O supervisor de engenharia de aplicação da voestalpine, Marcelo Severo, informa que o UTP 718 Supergrip utiliza diversos recursos para compensar a diminuição nos teores de cromo e carbono. Uma série de dopantes e microligantes são adicionados ao eletrodo com o intuito de modificar a estrutura dos carbonetos de cromo, expandindo a área de formação desta fase. Outro diferencial do UTP 718 Supergrip — de acordo com Severo — é a utilização em grandes quantidades de outras fases extremamente resistentes ao desgaste; como os boretos, que não possuem efeitos adversos à saúde e conferem elevada resistência à abrasão, além de aumentar a dureza do metal depositado.

Newton Andrade Silva, atua há quatro anos como diretor geral do Grupo voestalpine, que é especializado no fornecimento de consumíveis de soldagem, com mais de 100 anos de experiência, mais de 50 subsidiárias e mais de 1.000 parceiros de distribuição no mundo todo. A voestalpine Brasil está presente em todas as regiões produtoras de açúcar e etanol com equipes de campo técnica e comercial. O grupo possui portfólio completo de produtos para a safra e entressafra das usinas. Na entrevista a seguir, o gestor fala sobre os desafios e perspectivas do mercado.

↓ JournalCana: Um novo conceito de eletrodo para chapisco ↓